Tipo 2 Varizes que são tanto um problema estético quanto um problema funcional.

Posted on

Muitas mulheres acreditam que não se deve usar a pílula durante muitos meses consecutivos.

As pesquisas mais recentes a esse respeito, dizem que mesmo mulheres acima dos 35 anos podem utilizar pílula, sempre avaliadas pelo médico. Nas mulheres fumantes acima de 35 anos, o risco de problemas relacionados à pílula aumenta e deve-se repensar o seu uso. Em virtude da praticidade e da facilidade em adquirir as pílulas anticoncepcionais, muitas mulheres se esquecem de fazer exames e nem imaginam os riscos que podem correr. Através da análise de dados de mais de 3 mil mulheres, os pesquisadores notaram que os baixos níveis de estrogênio em uma idade avançada podem causar glaucoma em mulheres. Como a pílula favorece a formação de coágulos, mulheres que sofrem com o problema ou têm casos na família devem evitar o uso do medicamento. LEIA TAMBÉM Milhões de mulheres utilizam diariamente, há mais de 50 anos, a pílula anticoncepcional, medicamento muito estudado e símbolo da emancipação feminina. Apesar de ser muito difundido, o uso da pílula ainda causa dúvidas entre as mulheres. A Clínica Vena explica o que é verdade quando se trata das veias dilatadas, que causam tanta dor e desconforto às mulheres. Não causa varizes, mas pode causar vasinhos nas pernas, mas somente durante o primeiro ano.

Pesquisa feita com mais de 1,5 milhão de mulheres mostrou que, embora pílulas também elevem as chances do problema, adesivo e anel vaginal são mais perigosos

  • Exercícios aeróbicos ajudam a evitar varizes.

Esse é o tipo de exercício mais indicado para evitar o surgimento das varizes.

Além disso, o anticoncepcional aumenta a incidência de trombofeblite (inflamação de uma ou mais veias causada por um coágulo sanguíneo), além do número de vasinhos, por conta do estrogênio. 28 out 2016, 08h00 - Publicado em 26 abr 2015, 08h30 Thinkstock/Getty Images (/) O problema das varizes é muito comum e afeta muitas mulheres. De acordo com a Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular, 30% dos homens e 45% das mulheres sofrem com o problema, que normalmente aparece após os 30 anos. Não é causa isolada do surgimento de varizes, a pessoa precisa ter tendência ao problema, mas o risco aumenta de acordo com a frequência do uso. “Conforme dito anteriormente, a pílula pode causar inchaço e, com isso, causar celulite em mulheres sedentárias e que têm má alimentação”, explica Rosa Neme. Os hormônios não são indicados para mulheres com histórico de trombose, fumantes acima de 35 anos, hipertensas, obesas, mulheres com problemas cardiovasculares, com lúpus e que sofram com enxaqueca. Muito se especula a respeito de que isso ou aquilo pode causar varizes nas pernas. A gravidade da trombose pode ser mínima ou até causar uma morte súbita, passando pela possibilidade de provocar um AVC (derrame) e deixar sequelas. É mais indicada a progesterona sintética levonorgestrel, pois, o estrogênio sintético aumenta o risco de trombose em mulheres com tendência.

As varizes são um grande incômodo para as mulheres. É um problema emocional, funcional e estético. Entenda mais sobre suas causas e tratamentos!

  • Toda mulher pode usar a pílula anticoncepcional. Logo, posso usar a mesma marca que a minha amiga usa? Mito.

Apesar de ser bastante popular, e um dos métodos mais indicados pelos ginecologistas, ainda há muito debate sobre os riscos que as mulheres correm com a pílula anticoncepcional.

“Porém, a retenção hídrica associada ao uso de pílulas poderia causar a sensação de aumento da celulite nas mulheres com predisposição”, explica a médica. Por ser um problema que acomete mais as mulheres, precisamos ficar atentas para preveni-las, não é mesmo? Como muitas mulheres ainda ficam com dúvidas sobre o problema, veja a seguir alguns mitos e verdades sobre esse tema. Mito: Essa técnica de eliminar pelos do corpo não causa varizes, porém pode causar vasinhos nas pernas. Verdade: A gravidez pode causar varizes sim, pois nesse período a progesterona aumenta a dilatação das veias, de todas as veias do organismo. E com isso, mulheres que já tem predisposição a ter varizes, podem sofrer ainda mais com essa ação. A trombose das veias das pernas é um desses efeitos adversos, e reconhece-se que ela é cinco vezes mais freqüente entre mulheres que usam pílula. Essas recomendações devem ser feitas de forma ainda mais rigorosa a mulheres com história pessoal ou familiar de trombose, já que essas não devem usar pílulas que contenham estrogênio. Além disso, a gravidez também aumenta o risco de trombose ainda mais do que a pílula anticoncepcional e ninguém deixa de engravidar por causa disso.

O PROBLEMA ATINGE MAIS AS MULHERES

  • Anticoncepcional piora as varizes.

“Trabalhar em pé muito tempo gera cansaço nas pernas, que podem inchar, mas isso pouco influi no aparecimento de varizes.

“Tudo isso pode causar incômodo nas pernas, mas a causa das varizes é genética e hormonal, sempre. Ele ressalta ainda a diferença entre as varizes e a insuficiência venosa crônica, problemas que muitas vezes são confundidos. Muitas mulheres se queixam do aumento de peso após começar a tomar o anticoncepcional oral, estudos mostraram que isso pode não ser completamente verdadeiro. Alguns estudos comprovaram que muitas mulheres não apresentaram alteração de peso no final do período, portando o ganho de peso não deve ser desculpa para interromper o uso da pílula. Além disso, muitas mulheres fazem reposição hormonal, o que às vezes pode ser contra indicado quando já existe histórico de varizes, pois essa prática pode agravar o problema. Já os anticoncepcionais combinados de estrogênio e progesterona, adesivos, anéis e injeções, podem piorar o problema por causa de sua ação estrogênica. Quem tem ou já teve HPV pode tomar anticoncepcional hormonal sem problemas, pois não afeta a doença. Da mesma forma,  a reposição hormonal melhorou a qualidade de vida de muitas mulheres na menopausa por aliviar sintomas como depressão, diminuição da libido, secura vaginal, osteoporose, etc. Diante disso, muitas mulheres ficam com dúvida: devo parar o anticoncepcional ou reposição hormonal?

Aquelas veias dilatadas que incomodam muitas mulheres surgem com mais frequência no calor – assim como os sintomas de dor, inchaço, perna cansada…

Porém, é preciso saber que existem vários tipos - geralmente, as com menor concentração hormonal são as mais indicadas porque causam menos efeitos colaterais, como enxaqueca, vasinhos e celulite.

Outras mulheres reagem com fortes dores de cabeça e enjôos a medicamentos considerados muito bons para o problema e sem reações em outros pacientes. Isso provoca o melhor fluxo de sangue nas pernas, sem inchaços, e evita varizes. As veias que mais causam problemas são as safenas (temos duas em cada perna), mas as varizes podem ocorrer em outras veias superficiais. Mulheres são as principais afetadas pelo problema, e o mais comum é que ele apareça após os 30 anos. A gravidez também aumenta as chances do problema, já que o peso do feto prejudica o fluxo sanguíneo. Isso prejudica o fluxo sanguíneo do sangue das pernas para o coração e favorece o acúmulo de sangue nos vasos, elevando o risco de varizes. Fonte: Tua Saúde Uma das principais causas do aparecimento de varizes, principalmente nas mulheres, é o fator hormonal. O que acontece é que, em mulheres predispostas, a pílula pode contribuir para o aumento de varizes ou varicoses**. Mulheres que fumam e tenham mais de 35 anos não podem tomar pílula”.

Tipo 2 Varizes que são tanto um problema estético quanto um problema funcional.

Hoje vamos falar das varizes… esse problema que afeta muitas mulheres!!!!

Será que quem tem varicose pode usar anticoncepcional hormonal combinado (que tem dois hormônios: estrogênio e progesterona)!?