Dicas: Qual a diferença entre a aplicação com glicose e aplicação de varizes com espuma? (Parte 4)

Posted on

O surgimento desses pequenos vasos está relacionado a fatores hereditários e hormonais e eles não se transformam em varizes de calibre maior, mesmo com o decorrer do tempo.

O tratamento desses vasos indesejáveis, denominados pelos leigos de varizes, microvarizes, varicoses ou simplesmente de “vasinhos”, consiste, grande maioria dos casos, na realização de escleroterapia. Conhecida popularmente como “tratamento de secar as varizes”, a escleroterapia é o método mais utilizado para determinar o desaparecimento desses vasinhos. Não deve ser realizada em pacientes com varizes de maior tamanho destinadas ao tratamento cirúrgico, gestantes, pessoas que tenham doenças graves sem tratamento adequado e em usuários de anticoagulantes orais. Mesmo com tratamento bem-sucedido, devido a fatores hormonais e hereditários, outros microvasos podem surgir com o decorrer do tempo, às vezes, nos mesmos locais que foram Por isso está indicado o tratamento o mais cedo possível. Essas modalidades de tratamento proporcionam uma cirurgia muito menos agressiva e consequentemente a recuperação pós-operatória mais rápida e menos dolorosa. Antigamente, digo há mais de trinta anos atrás, as incisões para a cirurgia eram muito maiores e assim a agressão cirúrgica também. Com o refinamento da técnica cirúrgica e a modernização do tratamento, hoje é possível fazer uma cirurgia muito mais delicada e, em muitos casos, praticamente sem dor. Mais uma vez: quanto mais cedo for feito o tratamento, melhor (quantas vezes você já leu essa afirmação neste artigo?).

Se algum médico indicou uma cirurgia de varizes para você, não se assuste, é muito mais simples do que você imagina!

  • Preço: normalmente o valor é de 250 reais por sessão, mas podem ser necessárias até 10 sessões, dependendo da quantidade de varizes.

Habitualmente recomendo três meses sem tomar sol, podendo variar para mais ou para menos, dependendo da pessoa e da extensão do procedimento.

“Se você quer as pernas em ordem para a próxima estação, seu tratamento deve ser agora…” Pergunta #8: As varizes podem voltar? Frequentemente ouço de muitos pacientes que não procuram o tratamento porque eles acreditam que as “varizes voltam”. Após a remoção de varizes por cirurgia, veias que são retiradas não voltam mais. Assim, quanto mais cedo as varizes forem removidas, melhor o resultado estético e menores as complicações futuras. Uma dúvida muito comum, após o tratamento de Varizes ou vasinhos, pode-se expor ao sol? Além disso, mesmo quando não há hematomas, existe uma reação inflamatória local nas veias, podendo deixar a pele irritada e avermelhada em seu trajeto por alguns dias. A escleroterapia é um tratamento feito pelo médico angiologista para eliminar ou diminuir veias e, por isso, é muito usado para tratar vasinhos na pele ou varizes. Por isso, a escleroterapia é também muitas vezes referida como ”aplicação para varizes” e geralmente é feita com a injeção de uma substância diretamente na variz para eliminá-la. Após o tratamento com escleroterapia, a veia tratada tende a desaparecer ao longo de algumas semanas e, por isso, pode ser preciso até um mês para observar o resultado final.

  • Preço: dependendo da complexidade da cirurgia, o valor pode variar entre os 1000 e os 2500 reais.

Este tratamento pode também ser usado em outros casos de veias dilatadas, como hemorroidas ou hidrocele, por exemplo, embora seja mais raro.

Desde 2018 é possível fazer sessões gratuitas de escleroterapia através do SUS, especialmente em casos graves quando as varizes causam sintomas como dor constante, inchaço ou trombose. Veja o que pode fazer para evitar o surgimento de novas varizes. A cirurgia para varizes é utilizada quando outras formas de tratamento não-invasivo, como dieta ou uso de meias compressivas, por exemplo, não conseguiram eliminar ou disfarçar as varizes. Na injeção é utilizada uma agulha muito fina e, por isso, este tipo de tratamento normalmente não deixa qualquer tipo de cicatriz na pele. A cirurgia laser é indicada para tratar vasinhos ou varizes pequenas, e é feita com a luz de um laser aplicada diretamente sobre o vaso da variz. Nesta cirurgia, o médico faz pequenos cortes sobre as varizes e remove os vasos que estão provocando as varizes mais superficiais. Esta operação também é conhecida como cirurgia tradicional e é utilizada no caso de varizes mais profundas ou grandes. A diminuição da pressão dentro dos vasos das pernas reduz o volume das varizes e evita a formação de novas, resolvendo problemas com varizes muito grandes e vasinhos, por exemplo. O pós operatório da cirurgia de varizes depende do tipo de cirurgia e, por isso, deve ser sempre indicada pelo médico.

  • Preço: é de aproximadamente 300 reais por sessão de tratamento, sendo que podem ser necessárias várias sessões para eliminar todas as varizes das pernas.

Não tomar sol nos locais da aplicação para evitar a formação de manchas na pele.

  • No dia em que se faz aplicação ( escleroterapia ), ao chegar em casa, tomar um banho retirando as fitas de micropore.
  • Pontos avermelhados ou roxos são normais após a aplicação de varizes e desaparecem entre 3 a 15 dias.
  • A aplicação de espuma é realizada em vasos um pouco mais calibrosos quando não se tem indicação cirúrgica. Os vasinhos nas pernas  acomete grande número de pessoas e geralmente mais comum nas pernas das Mulheres. Algumas pessoas dizem não sentir nada, outras relatam  que uma depilação incomoda muito mais que uma secagem de vasinhos. A recuperação, após cada sessão, é mais rápida, em média uma semana após o tratamento o paciente já pode voltar para as suas atividades normais. Após o término do tratamento pode ocorrer uma leve queimação no local, que dura em média por 1 dia. Após o término do tratamento com o Vascular o paciente deve ficar alerta em relação aos principais causadores de vasinhos e varizes das pernas. No preventivo de varizes aconselha-se usar meia elástica, que colabora para o desvio do sangue das veias superficiais para as mais profundas, onde estão as veias livres.

É indicado para pessoas com tendência em desenvolver varizes e para quem trabalha muito tempo sentado ou em pé, pois favorece a circulação.

Após o tratamento de secagem dos vasinhos o que pode acontecer é o aparecimento de novos vasos devido a fatores hereditários, ou devido ao sedentarismo. O aparecimento de novos vasinhos não anula o tratamento, pois os vasinhos que não forem cuidados podem resultar em futuras complicações, como as varizes. A escleroterapia de varicoses , também chamada de aplicação ,“secar vasinhos” ou ”queimar vasinhos “ é um procedimento médico realizado para tratar a doença varicosa em diferentes apresentações. Se a sua doença venosa estivar em estagio mais avançado a escleroterapia pode não ser a melhor escolha de tratamento. – Sim, o procedimento de secagem – escleroterapia – feito em consultório daria cabo da mais feiosa de todas as varizes do meu corpo e ainda de outras mini feiurinhas. Eu já estava tão animada que quando ele me perguntou quando eu queria fazer a aplicação, eu só conseguir falar: Pode ser agora? Como a resposta foi sim, fizemos a primeira aplicação para secar a mais feia e suas primas mini-feiurinhas (que não viraram foto, desculpem, só dava pra ver muito de perto). Ou seja: 1 em cada 3 pessoas que forem submetidas ao tratamento de vasinhos com aplicação de esclerosante vai ter alguma mancha. A notícia boa é que esses estudos também mostraram que essas manchas se resolvem , sem ajuda de cremes, laser ou qualquer tratamento que seja.

Como eu disse acima, é muito comum o aparecimento das manchas e, por mais que tudo seja feito de forma adequada, elas podem surgir.

Procure sempre um cirurgião vascular ou angiologista para realizar o tratamento dos seus vasinhos e varizes. Já aquelas manchas que ocorrem por deposição de hemossiderina (pigmento do sangue) são mais difíceis de serem tratadas e respondem pouco ao tratamento com cremes. Para aqueles que já estão com manchas, resta buscar ajuda de um Dermatologista, que irá identificar o tipo de mancha e sugerir o tratamento mais adequado. a aplicação pode ser mais Já as varizes são veias superficiais dilatadas e tortuosas, de cor roxo-azulada ou esverdeada, que surgem ao longo das pernas e dos pés e podem causar dor e inchaço. Já as varizes, quando progridem muito, podem provocar úlceras na perna (atrofia a pele da perna), feridas enormes e provocar trombose. Vasinhos e varizes são mais comuns em mulheres: aproximadamente 15% delas têm ou vão ter ao longo da vida em algum grau. As veias que mais causam problemas são as safenas (temos duas em cada perna), mas as varizes podem ocorrer em outras veias superficiais. Na maioria das cirurgias onde não é necessária intervenção na safena, em muitos casos é possível fazer a cirurgia com anestesia local e uma leve sedação. Devido a esses hematomas, os pacientes são orientados a não tomar sol por cerca de três meses para evitar manchas na pele. Apesar do nome complicado, essa técnica é um processo para secar telangiectasias, que são os tão detestados “vasinhos” que aparecem em nossas pernas sem pedir licença. Existe também a opção do tratamento a laser, mas este é mais complexo e detalhado. Após a aplicação, a paciente deve utilizar uma meia elástica para evitar a formação de muitos hematomas e ajudar o resultado final. As manchas e hematomas que podem surgir após a aplicação, devem desaparecer no primeiro mês. Mesmo assim, não deixe que os vasos te façam esconder as pernas, busque um tratamento e sinta-se mais livre.