Dicas: Como Eliminar Vasinhos e Varizes - Dicas caseiras para eliminar vasinhos e varizes : (Parte 4)

Posted on

O ClaCs (Cryolaser e Cryoescleroterapia) é o novo tratamento para vasinhos e varizes de calibre fino que combinam o laser, escleroterapia e jatos de ar gelado.

O laser não é invasivo e os pulsos de luz são muito mais absorvidos pelo sangue do que pela pele, ou seja, os riscos de deixarem hematomas são bem menores. Vasos afetados pela doença varicosa e que têm menor calibre podem ser tratados através da pele, com disparos de LASER transdérmico e com injeções líquidas de químicos esclerosantes. Vasos doentes de grande calibre podem exigir tratamento com cirurgia, para extirpá-los ou com químicos sob forma de espuma, mais poderosos. Criolaser e Crioescleroterapia (CLACS) - é um método que combina laser, escleroterapia e anestesia tópica com jato de ar gelado sobre a pele. – Sim, o procedimento de secagem – escleroterapia – feito em consultório daria cabo da mais feiosa de todas as varizes do meu corpo e ainda de outras mini feiurinhas. 1) Como funciona o laser para eliminar os vasos da pele? Os aparelhos de laser produzem feixes de raios que emitem comprimentos de onda com determinadas características que atravessam a pele sem a lesar atingindo a hemoglobina dos vasos sanguíneos. Este tratamento potencializa a ação dos métodos individualmente: laser transdérmico, escleroterapia por glicose hipertônica, anestesia tópica com jato de ar gelado sobre a pele e scanner com tecnologia veinveiwer. Os vasos aparecem de diversas formas: com linhas avermelhadas, azuladas e mais grossas e ainda em nódulos que saltam na pele.

Como Eliminar Vasinhos e Varizes - Dicas caseiras para eliminar vasinhos e varizes :

  • Pode substituir a cirurgia convencional em alguns casos
  • Não é necessário repouso pós procedimento,
  • Menos sessões para eliminar os vasinhos
  • Reduz a dor
  • Sem limitação de atividade física

Após o tratamento de secagem dos vasinhos o que pode acontecer é o aparecimento de novos vasos devido a fatores hereditários, ou devido ao sedentarismo.

ou de pele pode responder melhor ao tratamento com laser e outro Algumas energias atingem a superfície da pele e trata melhor as manchas superficiais e outros mais a profundidade e assim são indicados para a flacidez. Um tipo de vaso ou de pele pode responder melhor ao tratamento Os pacientes de pele mais escura, ou vasos com determinadas CLaCs Esse tratamento une o uso de laser transdérmico , escleroterapia , resfriador de pele guiado pelo uso de equipamento de Realidade Aumentada . Com o disparo do laser o fluxo de sangue fica lentificado e permite que a glicose permaneça mais tempo em contato com o vaso . - A espuma foi pensada para tratar varizes maiores, de médio calibre, entre 2mm e 4mm, porque atua por mais tempo e seca melhor os vasos. A cirurgia de varizes a laser é uma cirurgia minimanente invasiva, para o tratamento do refluxo venoso superficial. Neste tratamento, o laser é aplicado directamente sobre a pele, na direcção da variz, podendo assim eliminá-la.

O Laser pode ser usado para tratar quase todos os estágios de varizes, desde o tratamento de vasinhos (telangiectasias) até para a ablação da veia safena.

  • Consultas cirurgia vascular
  • Esclerose de varizes
  • Tratamento endovenoso de varizes…
  • Tratamento de úlceras nas pernas
  • Inovar tratamento de adesivo (cola) -VenaSeal

Para a eliminação dos vasos maiores, o tratamento mais indicado ainda continua a ser a cirurgia de varizes, através de incisões.

Com o disparo do laser, o fluxo de sangue fica lentificado e permite que a glicose permaneça mais tempo em contato com o vaso que vai secar. Por este motivo, o laser vem sendo cada vez mais utilizado para o tratamento das varizes e vasinhos. Além disso, ele não utiliza o laser que atua sobre a hemoglobina, pois pode gerar muito calor e lesar os tecidos ao redor, como a pele, por exemplo. de eliminar os pequenos vasos da pele. Menos invasiva, a técnica CLaCS combina laser, injeções de glicose e jatos de ar gelado sobre a pele e evita a cirurgia em 86% dos casos. Nesse procedimento realiza-se o resfriamento da pele para prevenir queimaduras, reduzir o desconforto e dor da escleroterapia convencional , tudo favorecendo para se obter um tratamento mais eficiente. O combate às varizes ganhou uma nova aliada, a técnica ClaCs (Cryolaser e Cryo escleroterapia), que combina laser, escleroterapia e jatos de ar gelado na pele. O laser não é invasivo e ainda traz a vantagem de poder tratar as veias tanto nas pernas como na face, assim como qualquer tipo de pele. O laser vai queimar, esclerosar a veia, mas sem danificar a pele”, completa a médica.

  • segunda a quinta, das 9h às 12h e das 14h às 20h
  • sábado, das 9h às 14h

É uma modalidade de tratamento que foi desenvolvida na Clínica Miyake e que combina laser, escleroterapia, e jatos de ar gelado sobre a pele.

O Laser utilizado não é invasivo pois emite pulsos de luz que penetram no corpo atingindo as veias a serem tratadas sem causar danos a pele. Laser Transdérmico O LASER atravessa a pele sem lesá-la e atinge a hemoglobina dos vasos que é vermelha. O equipamento de Laser NdYag 1064, emite pulsos de luz que penetram no corpo do paciente e são absorvidos 30 vezes mais pelo sangue que pelo tecido da pele. Portanto, pode ocluir as varizes e vasinhos sem danificar a pele. Sempre utilizamos a técnica de resfriamento de pele para proporcionar conforto durante o tratamento e evitar queimadura da pele. Os aparelhos de LASER produzem luz que são seletivamente absorvidas por células vermelhas do sangue dentro dos vasos sanguíneos na pele, eliminando os vasos sem lesar tecidos ao seu redor. Assim se atinge o objetivo de eliminar os pequenos vasos da pele. O LASER atravessa a pele sem a lesar e atinge a hemoglobina presente nas células no interior dos vasos que é vermelha. Hoje é possível tratar vasos azulados de até 3 mm de diâmetro com laser associado à aplicação de glicose, ambos com auxílio de resfriamento da pele com ar gelado.

Mesmo quando aplicado de forma correta, o laser pode causar complicações, assim como qualquer método de tratamento das varizes e vasinhos.

Essa complicação é mais comum em pacientes com pele morena e negra (ou bronzeadas) e quando há formação de coágulo dentro da veia tratada. A escleroterapia, conhecida por muitos como “aplicação”, é um tratamento destinado à eliminação das telangiectasias (vasinhos), que se encontram na parte mais superficial da pele. A mais inovadora  é conhecida como CLaCs (criolaser e crioescleroterapia) e une três tecnologias: combina o resfriamento da pele à aplicação do laser transdérmico e à escleroterapia química. O resfriamento da pele a uma temperatura de até 20ºC negativos é o primeiro passo deste tratamento das varizes. Além disso, ambas as técnicas tem a mesma efetividade: ou seja, tanto a cirurgia convencional quanto a cirurgia a laser são capazes de eliminar as varizes de forma semelhante. Com o disparo do laser, o fluxo de sangue fica lentificado e permite que a glicose permaneça mais tempo em contato com o vaso — que vai secar”, explica. São vasos do sistema circulatórios que secam e aparecem sob a pele, principalmente nas pernas, e muitas vezes chegam à doer e prejudicar mais do que apenas a questão estética. É utilizado para localização anatômica mais precisa das varizes auxiliando o diagnóstico e facilitando o tratamento mais completo dos vasos durante a escleroterapia e cirurgia. A técnica Clacs (Cryolaser e Cryo escleroterapia) é uma modalidade de tratamento mais moderno que combina laser, aplicação, e jatos de ar gelado sobre a pele. Os médicos dizem quais são os procedimentos mais comuns para tratamento de varizes: Cirurgia - as cirurgias de varizes estão cada vez menos agressivas. Além disso, o tratamento pode deixar alguns hematomas e, se expostos ao sol, podem virar manchas escuras na pele. Tratamentos Dentre os tratamentos mais avançados na área, está o método CLACS -  que combina laser, escleroterapia, e anestesia tópica com jato de ar gelado sobre a pele. O tratamento foi desenvolvido na Clínica Miyake, em São Paulo (SP) pelo Dr. Kasuo Miyake, e combina laser, escleroterapia, e jatos de ar gelado sobre a pele. Neste artigo, vamos falar sobre um método de tratamento para o problema: laser para vasinhos ou varizes (CLACS).