Remédios: Como Eliminar Vasinhos e Varizes - Dicas caseiras para eliminar vasinhos e varizes : (Parte 2)

Posted on

Conhecida popularmente como “tratamento de secar as varizes”, a escleroterapia é o método mais utilizado para determinar o desaparecimento desses vasinhos.

Nesses casos, o médico pode optar por fazer uma cirurgia para dissolver ou retirar o coágulo de dentro da veia. Nas varizes de maior calibre, este tratamento pode não dar o melhor resultado, mas é capaz de diminuir o seu tamanho, sendo necessária mais de 1 aplicação na mesma variz. Inicialmente o médico injeta o medicamento na veia que está nutrindo os vasinhos até que estas desapareçam e fiquem ligeiramente brancas como mostram as imagens a seguir. Juliana Puggina Cirurgia Vascular e Endovascular CRM-SP 134.963 As varizes, apesar de serem mais comuns nas pernas, também podem acometer as veias da região pélvica. O mais correto é sempre consultar um cirurgião vascular para fazer um diagnóstico preciso e tratar estas pequenas varizes antes das telangiectasias. Varizes são pequenas veias vermelhas ou azuis localizadas próximas à pele das perna e tornozelos. Método 1 1 Esse procedimento médico consiste em aplicar uma solução salina ou detergentes nas veias, fazendo com que fiquem irritadas e entrem em colapso. Como prevenir A dermatologista sugere que a melhor maneira de combater os sintomas é utilizando uma meia elástica de compressão e evitar ficar na mesma posição durante muito tempo. De acordo com Guilherme Pitta, presidente da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular, qualquer pessoa pode ter varizes, mas elas aparecem três vezes mais em mulheres.

Como Eliminar Vasinhos e Varizes - Dicas caseiras para eliminar vasinhos e varizes :

  • Consultas cirurgia vascular
  • Esclerose de varizes
  • Tratamento endovenoso de varizes…
  • Tratamento de úlceras nas pernas
  • Inovar tratamento de adesivo (cola) -VenaSeal

Qualquer veia pode tornar-se uma variz, mas as veias mais comumente afetadas são aquelas nas pernas e nos pés.

A cirurgia laser é indicada para tratar vasinhos ou varizes pequenas, e é feita com a luz de um laser aplicada diretamente sobre o vaso da variz. Especialmente nas pernas, mas também noutros locais do corpo, os vasinhos e as varizes arruínam qualquer look. Mas, alguma vezes, é necessário retirar a veia safena interna (ou magna)  ou a veia safena externa (ou parva). A cirurgia de varizes é um tratamento que consiste em retirar completamente as varizes dos membros inferiores, existindo diversos tipos de procedimentos cirúrgicos diferentes. Alguns vasinhos podem persistir e algumas veias podem permanecer dilatadas após este período. Carolina Dutra Queiroz Flumignan, cirurgiã vascular da Clínica MedPrimus São Paulo, ressalta que as veias superficiais das pernas quando estão dilatadas, alongadas e tortuosas são chamadas de varizes. Para diminuir a quantidade de vasinhos nas pernas é muito importante facilitar a passagem do sangue nas veias, impedindo que dilatem e formem varizes. São as veias dilatadas, arroxeadas ou azuladas que aparecem nas pernas e nas coxas. Nestes casos, quando há o envolvimento das veias safenas nos sintomas do paciente, as mesmas devem ser tratadas ou retiradas, de acordo com a avaliação do seu médico.

O Laser pode ser usado para tratar quase todos os estágios de varizes, desde o tratamento de vasinhos (telangiectasias) até para a ablação da veia safena.

  • Preço: é de aproximadamente 300 reais por sessão de tratamento, sendo que podem ser necessárias várias sessões para eliminar todas as varizes das pernas.

A aparência dos locais onde as varizes aparecem também muda conforme o tipo de variz.

O aparecimento de uma variz, pode originar novas varizes, porque a pressão dentro da veia vai-se transmitindo às outras veias adjacentes. Entretanto, a grande maioria dos vasinhos deságua em uma veia maior que também está insuficiente (doente) – veja a foto que mostra as microvarizes conectadas aos vasinhos da coxa. A melhor aplicação para a espuma é o tratamento de veias de maior calibre, mas também pode ser usada na aplicação de vasinhos. Após a escleroterapia de veias, o sangue não pode mais entrar na veia tratada, o que evita a formação de novas varizes no mesmo local. Em outras palavras, se você tem , mesmo que sejam poucas e pequenas, você precisa realizar cirurgia ou outro método para tratá-las antes de iniciar o tratamento dos . Mesmo que as varizes não te incomodem esteticamente, é preciso buscar um médico e realizar exames de imagem para encontrar a causa do problema. No entanto, é preciso consultar um médico antes de utilizá-las, já que cada paciente necessita de tipos e tamanhos diferentes da meia. Ana Carolina Freire Costa (CRM 32837) Fique com belas pernas | Imagem: Reprodução Varizes são pequenas veias que depois de dilatadas se deformam e deixam marcas e calosidades nas pernas. Foto: Depositphotos Quem tem varizes ou vasinhos sente peso nas pernas, dor e dificuladade para caminhar ou fazer certos movimentos, então, controlar essas sensações desconfortáveis é uma necessidade.

  • ter uma alimentação mais saudável e balanceada;
  • não ficar muito tempo de pé ou muito tempo sentada;
  • evitar estar com as pernas cruzadas;
  • caminhar regularmente;
  • fazer exercício físico.

Essa remoção das veias, naturalmente é feitas através de pequenas incisões (cortes), que geralmente variam de 1 a 3mm de extensão, dependendo do diâmetro da veia.

Após a remoção de varizes por cirurgia, veias que são retiradas não voltam mais. Porém o processo como as veias aparecem não pára e podem aparecer outras veias no decorrer da vida. Com o passar dos dias, haverá nodulações debaixo da pele que correspondem a cicatrizes nos locais onde foram retiradas as varizes. O tratamento cirúrgico é indicado para tratar as varizes (veias doentes, tortuosas, alongadas e elevadas) e não para tratar os vasinhos. Este tratamento pode também ser usado em outros casos de veias dilatadas, como hemorroidas ou hidrocele, por exemplo, embora seja mais raro. As telangiectasias, nome científico dos vasinhos nas pernas, podem ser sinal de problemas mais graves em veias maiores do sistema circulatório que os médicos angiologistas chamam de varizes. Entretanto os tratamentos mais comuns para remover os vasinhos nas pernas são: aplicação de laser, escleroterapia e a esclerose com espuma, tratamento muito conhecido como secagem de vasinhos. Nunca faça o tratamento de vasinhos nas pernas com uma pessoa não preparada, pois uma aplicação errada pode trazer serias consequências a sua saúde. Você pode tratar os vasinhos nas pernas e as varizes em qualquer clínica que tenha um médico Angiologista ou Cirurgião Vascular ou Endovascular.

No caso das varizes, o método mais comum é a retirada das veias dilatadas com procedimento cirúrgico.

As varizes são veias dilatadas e tortuosas, normalmente nas pernas, com sangue acumulado de maneira irregular. As veias ficam dilatadas porque as válvulas que levam o sangue ao coração não funcionam corretamente, retendo e acumulando sangue, e causando consequentemente o alargamento da veia. As varizes são veias dilatadas, e os vasinhos são vasos capilares dilatados. Varizes são veias dilatadas, tortuosas e alongadas que aparecem nas pernas. Já as varizes são veias superficiais dilatadas e tortuosas, de cor roxo-azulada ou esverdeada, que surgem ao longo das pernas e dos pés e podem causar dor e inchaço. Neste tratamento o médico irá injetar a espuma diretamente na variz, após verificar com uma ecografia qual o local mais adequado para a aplicação da injeção. A cirurgia de varizes tem como foco a retirada de veias dilatadas e consequentemente as varizes vão embora para sempre, elas não retornam. Mesmo quando aplicado de forma correta, o laser pode causar complicações, assim como qualquer método de tratamento das varizes e vasinhos. Com isso, veias “azuladas” ou com um aspecto mais inchado podem aparecer sob a pele, causando alguma dor ou, em muitos casos, nenhum incômodo.

As varizes consistem em veias profundas ou superficiais, que se tornam deformadas e dilatadas nas pernas após o acúmulo de irrigação sanguínea na região.

Suas pernas não apresentavam as veias alongadas, tortuosas e dilatadas que ela reconheceria como varizes –nem as pequenas veias avermelhadas conhecidas por vasinhos. A escleroterapia é um tratamento que consiste na aplicação de um esclerosante diretamente nas pequenas veias dilatadas, os vasinhos, de modo a eliminá-las. Como tal, mesmo após conseguir eliminar os vasinhos das pernas recorrendo à escleroterapia, se não alterar esses hábitos, eles irão voltar a aparecer. As Veias profundas conduzem o sangue a veia cava inferior que é a maior veia de seu corpo e que faz o retorno do sangue venoso ao seu coração. No entanto, quando por diferentes motivos o sangue não consegue subir, e se acumula nas veias das pernas e pés, as veias ficam dilatadas e aparecem as varizes. Quando realizamos qualquer tratamento para varizes, seja cirurgia, laser, radiofrequência, espuma etc, estamos retirando aquela veia que não está funcionando bem naquele momento. Existem três tipos de varizes sendo diagnosticadas das mais simples até as mais severas sendo: Aranhas vasculares: são as pequenas veias roxeadas, popularmente conhecidas como “vazinhos”. Então, antes de sair fazendo tratamentos à toa, consulte o seu médico para saber se seus vasinhos não são nutridos por varizes matrizes (ou nutricias). Porque não adianta fazer laser ou escleroterapia nos vasinhos sem tratar as varizes matrizes antes porque eles voltam a aparecer!

Na cirurgia para varizes pélvicas, o médico faz um “nó” nas veias afetadas, fazendo com que o sangue circule apenas nas veias que estão saudáveis.

São pequenas veias que aparecem por baixo da pele e se apresentam como pequenas linhas avermelhadas e sinuosas semelhantes a ramificações de uma árvore. As varizes e os vasinhos são veias das pernas incapazes de retornar o sangue para o coração por incapacidade de suas válvulas ou paredes e que acabam dilatadas. Varizes com indicação de tratamento cirúrgico Na cirurgia de varizes, as veias são retiradas por pequenas incisões escalonadas. [1] Método 1 1 Manter as pernas na mesma posição por muito tempo reduz a circulação delas e pode acumular sangue nas veias. Método 2 1 Existem alguns modelos de meias que exercem pressão terapêutica nas veias das pernas, diminuindo a dor e mantendo as varizes sob controle temporário. As veias varicosas mais profundas, conhecidas como veias de safena, normalmente são tratadas com tal método. No artigo Como tratar as varizes com remédios caseiros você encontrará soluções que ajudarão a combater o inchaço e, portanto, a disfarçar as varizes de alguma forma. Vasinhos são pequenos aglomerados de veias de cor púrpura, que aparecem em vermelho ou azul, geralmente nas pernas, tornozelos ou panturrilhas. América - São Paulo/SP Entre em contato: Varizes são veias dilatadas e deformadas, de coloração púrpuro-azulada, que surgem ao longo das pernas e podem causar dor e inchaço.